Oficina de pintura e desenho on-line abre temporada no Alfredo Andersen
05/04/2021 - 10:07

Para conciliar tanto a necessidade de isolamento e distanciamento social quanto a demanda por oficinas ligadas ao mundo da arte, o Museu Casa Alfredo Andersen promoveu na última sexta, 26, o primeiro de uma série de encontros on-line da oficina de pintura e desenho. A atividade contou com mais de 30 participantes, durou duas horas e foi ministrada por Lavalle, pintor premiado e que há 10 anos atua como orientador no Museu.

Segundo Lavalle, o princípio que norteia a oficina é a busca por “elementos e modelos caseiros, os animais de estimação, as cenas internas, aquela luz das cenas internas... Tudo isso é um pretexto para a gente pensar a pintura. A cor, a técnica, a poética. E foi muito legal. Foi bem satisfatório”. Esta inclusão do cotidiano e dos animais de estimação está ligada ao estudo de pintores como Arthur Nísio, David Hockney e do próprio Alfredo Andersen.

Há um quê de estratégia por parte de Lavalle, já que, como ele mesmo diz, “a ideia era buscar algo próximo dos alunos que já frequentavam o ateliê, para dar continuidade nos estudos em pintura e desenho, por isso os animais domésticos e cenas caseiras, num momento em que todos ficam bem mais tempo em casa”. Por isso, inclusive, além das reuniões quinzenais pelo do Google Meet, há um acompanhamento quase diário do desenvolvimento dos alunos por grupos de WhatsApp, “onde passo vídeos de mim ou de outros artistas pintando, além de imagens das obras. E está dando bem certo. O pessoal está animado e produzindo”, conta.

MCAA

Há mais de 10 anos no ateliê de pintura e desenho do Museu Casa Alfredo Andersen, Lavalle se diz muito satisfeito com o trabalho. Para o artista e educador, o MCAA é um “espaço superinteressante, onde tem ali um público heterogêneo, tanto de estudantes de arte, quanto artistas e pessoas interessadas em desenvolver a pintura e o desenho, até de forma despretensiosa. Onde eu aprendo muito também, pela convivência com um público bem diferente. E para mim é importante levar esse legado do Andersen, que além de um grande artista era um grande professor. E eu me identifico com isso”.

“É legal você fomentar a arte paranaense. O Museu é um espaço de convívio, estudo e prática artística”, finaliza Lavalle.

A oficina de pintura e desenho vai até junho, mas a turma já está fechada. Fique atento aos sites e redes sociais da Superintendência-Geral da Cultura e do Museu Casa Alfredo Andersen para saber quando novas turmas serão abertas.

Museu Casa Alfredo Andersen
Site
Instagram
Facebook

Superintendência-Geral da Cultura
Instagram
Facebook

 

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias