Morre René Dotti, advogado, humanista e ex-Secretário de Cultura do Paraná
11/02/2021 - 12:02

A Secretaria da Comunicação Social e da Cultura do Estado do Paraná, por meio da Superintedência de Cultura do Estado do Paraná, expressa seu profundo pesar pelo falecimento de René Ariel Dotti, hoje, aos 86 anos. Advogado criminalista, professor e, entre epítetos sem fim, também foi Secretário de Cultura do Estado entre 1987 e 1991. 

Mais conhecido pela atuação no Direito, especialmente pela defesa de personalidades do meio político, sindicalistas e jornalistas durante o Regime Militar e luta pela redemocratização, Dotti sempre esteve ligado às artes, relação que o levou ao convite para se tornar Secretário de Cultura. O teatro foi sua primeira paixão, tendo chegado a fundar uma Companhia ao lado de Ary Fontoura na juventude e atuado como crítico teatral no suplemento Artes e Letras do Diário do Paraná, fundado à época pelo hoje cineasta Sylvio Back. Seus livros e artigos também lhe renderam uma cadeira na Academia Paranaense de Letras.

Em entrevista em 1998 ao jornalista José Wille para o livro Memórias Paranaenses disse, sobre o período que comandou a Cultura do estado: "me sentia, na maior parte das vezes, feliz, compensado, estimulado. Porque eu considerava a Secretaria de Cultura como a usina dos sonhos. Tudo se multiplicava, tudo se criava, tudo se transformava. E a convivência política foi boa, à medida que eu pude sentir que a minha convivência com os artistas – ao contrário do que me diziam, que eu teria dificuldades nessa área – era muito mais fácil, principalmente do ponto de vista da sinceridade". 

Dotti passou os últimos tempos internado, tratando de problemas do coração, e faleceu em razão de uma parada cardíaca.

Que a família e os amigos encontrem força em sua grande trajetória e conforto neste momento tão triste.

Últimas Notícias